• Gestão Contabilidade

Tributação Dropshipping

Cada vez mais pessoas buscam empreender no mercado digital, e com base nisso a Gestão Contabilidade se especializou em atender este mercado oferecendo um serviço de qualidade nas informações precisas que o empreendedor precisa para crescer e não ter problemas com o Fisco.


Em grande parte dos casos, basta ter um computador, internet e conhecimento para gerar um novo negócio na internet.


Geralmente quem busca iniciar um novo negócio, e mais especificamente o Dropshipping, deseja começar pelo MEI para ter todos benefícios fiscais de redução de custos tributários e honorários de um escritório de contabilidade.


Afinal, DROPSHIPPING pode ser MEI?

A atividade de Dropshipping não contempla as atividades prestadas por MEI.


Receba nosso orçamento ON-LINE


Quem exerce a atividade de Dropshipper, executa uma prestação de serviços de intermediação de negócios. O que muitos iniciantes fazem é colocar o CNAE de promoção de vendas e pedir enquadramento como MEI.

Vale lembrar que ainda não há uma regulamentação específica para este segmento, mas isso não torna a atividade ilegal.




Quanto de imposto eu pago na atividade de Dropshipping?

Primeiro será necessário planejar em qual regime tributário a empresa será enquadrada. Para isso é necessário entender inicialmente qual projeção de faturamento da empresa. Veja as possibilidades de tributação para Dropshipping:

  • Pessoa Física

  • Lucro Presumido

  • Simples Nacional


Receba nosso orçamento ON-LINE


Pessoa física como DROPSHIPPING

Se você iniciou o a atividade como pessoa física, cuidado com o faturamento. A tabela de imposto que irá seguir é a do Imposto de Renda e a tributação poderá chegar a 27,5%. Sugerimos nesta modalidade o faturamento até R$ 1.900,00 por mês, o que torna o negócio bem inviável.


Lucro Presumido como DROPSHIPPING

Outra possibilidade é o enquadramento no lucro presumido para exercer a atividade de intermediação de negócios. A tributação nesta opção pode variar de 13,33% a 16,33%. Essa variação acontece devido o ISS, que pode variar de 2 a 5% dependendo de qual cidade sua empresa está instalada.

Nessa situação, uma boa opção é colocar o endereço fiscal em cidades cuja a alíquota do ISS seja menor.

Nesta opção, é possível elaborar uma estratégia de tributação em cima do LUCRO BRUTO e não em cima da RECEITA BRUTA.


Simples Nacional como DROPSHIPPING

O enquadramento no Simples Nacional para exercer a atividade de intermediação de negócio - DROPSHIPPING, pode não ser uma opção muito vantajosa, uma vez que essa prestação de serviços, para se enquadrar na Tabela III do Simples Nacional - que é a partir de 6%- necessita compor em suas despesas o gastos com folha de pagamento em 28% da receita bruta dos últimos 12 meses.

Caso não tenha esse gasto com os 28% de folha de pagamento, a tributação precisa respeitar a Tabela V do Simples Nacional, que inicia em 15,5% SOBRE A RECEITA BRUTA.



Gestão contabilidade

3 visualizações

©2020 por GESTÃO CONTABILIDADE. Orgulhosamente criado com Wix.com